fbpx
Top

Veja como é fácil unir iluminação decorativa indireta aos espelhos utilizando fitas LED.

ms vidros cristais

Um Novo Conceito, o  espelho cuja instalação demonstramos na imagem basta aplicar no verso uma fita LED de cor azul, já que o efeito pretendido é um ambiente com penumbra agradável. O mesmo princípio serve para a aplicação de fitas LED em bordas de prateleiras, espelho de banheiros e guarda-corpos.

DICAS

O material utilizado será o verso do espelho, já com os alumínios colados com silicone (Seção Dicas & Truques ed. 99). Um rolo com 3,5 metros de fita LED autoadesiva (medidos previamente), conector e fonte de alimentação fornecidos pela loja de iluminação com a fita, chave de fenda pequena, lâmina, álcool e pano macio.

Esta dica serve também para a criação de luminárias para banheiros. No caso, basta jatear as bordas ou pequenas faixas nas laterais do espelho, por onde será possível vazar uma luz difusa. Serve também para identificar quando um espelho antiembaçante estiver ligado ou desligado.

Como são fabricados os Espelhos

Os espelhos são fabricados a partir de grandes chapas de vidro Float (vidro comum). O primeiro passo é a limpeza e polimento do vidro. Feito isso, é hora de aplicar um camada de prata, o metal mais usado nos espelhos atuais, juntamente com um produto químico que o faz aderir completamente ao vidro. Em seguida é pulverizado uma camada de tinta para proteger a camada de prata. E por último os espelhos passam por uma estufa para secar, e assim já estão prontos para o uso.

Recentemente, a revista Tecnologia & Vidro divulgou que o Brasil está chegando ao número de 350 fornos horizontais instalados. É muita capacidade de temperar vidros. Se calcularmos uma produção modesta de 5 mil metros quadrados de vidros temperados por mês para cada têmpera, chegaremos ao número de 1,75 milhões de metros quadrados mensais. Isso, sem contar com as dezenas de fornos verticais que ainda estão em operação em diversas partes do Brasil e podem fazer esse número chegar, facilmente, a 2 milhões de metros quadrados por mês.

Com esse número é fácil de se trabalhar. Se, hipoteticamente, todos os vidros temperados fossem da espessura de 6 mm, o peso do vidro seria de 30 mil toneladas por mês, ou mil toneladas por dia, ou ainda, 365 mil toneladas por ano.

Dividindo-se essas 365 mil toneladas por ano pela população brasileira temos o consumo anual de 1,90 a 2 quilos por habitante.Com base nesses dados, é fácil observar que o sucesso dos temperados entre os brasileiros favoreceu o aumento do consumo de vidros, no geral, também. Fato registrado na última década, quando o consumo médio de vidros por habitante passou de menos de cinco quilos, para sete quilos.

 

Postar um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.